Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Coisas do coração

Quinta-feira, 31.07.14

 

 

Doí-me o coração cada vez que uma fotografia destas se cruza na minha vida. Custa-me a acreditar, ou melhor, a perceber como é que em pleno século XXI ainda existem estes conflitos estúpidos, entre homens sem escrúpulos. Terá esta criança culpa daquilo que se passa no seu país? Já pararam para pensar no sentimento de revolta, dor, mágoa e tristeza destes seres humanos, hoje inofensivos? Sim digo hoje. Digo hoje, porque daqui a uns anos, estas crianças serão os homens que carregarão as armas nas mãos, os homens que não se importarão com as famílias, pais, crianças que possam existir. Homens que outrora sofreram na pele o verdadeiro significado da palavra "guerra". Homens que viram as suas casas destruídas, que viram os sonhos de criança ensanguentados, homens que amanhã não se importarão de "guerrilhar", colocando cá para fora toda a revolta que lhe impuseram em criança. Nascem na guerra, lutam e morrem na guerra. Que objetivos de vida terão estas pessoas? Que sentido lhe entregarão? Não consigo responder a estas questões, quase existenciais e tenho a certeza que nunca serei capaz de, um dia, achar uma resposta. Não consigo sequer imaginar-me num clima de guerra, de sangue e de morte. Aqueles caminhos devem transpirar sofrimento e sempre que vejo imagens destas, sinto um aperto no coração e as lágrimas nos olhos (não fosse eu uma sentimentalista). É verdade que nenhuma daquelas pessoas é minha e estão longe de saber quem eu sou. Mas são seres humanos como eu, e por esse mesmo motivo, merecem tanto quanto eu tenho. Ninguém deveria nascer para a guerra e a guerra não deveria nascer para ninguém!

<3

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por O que se ama às 15:48

6 comentários

De Sofia Margarida a 31.07.2014 às 16:36

A mais triste realidade em que vivem certos humanos! Estas pessoas, como tantas outras não merecem tal sofrimento, não é justo :(

De O que se ama a 31.07.2014 às 18:08

Pois não...custa-me tanto pensar e ver estas coisas :S

De filipa. a 31.07.2014 às 18:38

infelizmente é uma realidade permanente...e parece tender a ser uma constante em cada dia q passa :/

De O que se ama a 31.07.2014 às 18:44

É..até tenho medo do futuro! :S

De M* a 01.08.2014 às 22:05

Compreendo-te perfeitamente, :(
Não sei quem beneficia de tudo isto e são tantas as questões... o pior é que não consigo compreendo onde andas as organizações internacionais...
Infelizmente, um mundo imperfeito.

De O que se ama a 02.08.2014 às 00:12

Questões essas que nunca ninguém, por mais que tente, vai conseguir encontrar respostas!
É triste, toda esta insensibilidade!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor





youzz.net


Parcerias